Home

SENAC/MA

Cursos Profissionalizantes no Maranhão.

98 3198.1515

   Maranhão

20 de fevereiro de 2018, 11:01 - Por Assessoria de Comunicação

Programa de Inclusão Social – Senac faz sua parte inicia mais uma edição

BACABAL – Na tarde do dia 8, no auditório do Senac, representantes de instituições locais e profissionais da imprensa participaram da reunião para tratar sobre os cursos que serão ofertados pelo Programa de Inclusão Social – Senac faz sua parte.

Serão 10 organizações beneficiadas pelo projeto: União dos Moradores do Bairro da Areia; Paróquia Sant´Ana: Comunidade São Raimundo; Associação Pestalozzi de Bacabal; Paróquia Santa Terezinha: Comunidade São Pedro; Obra Social Nossa Senhora da Glória – Fazenda Esperança; Igreja Comunidade Cristã de Bacabal; Associação dos Moradores do Bairro Mangueira; Paróquia São Francisco das Chagas: Comunidade Divino Espírito Santo; Assembleia de Deus; e Projeto Social Beata Madre Rosa. “Já temos uma lista de pessoas interessadas no curso Básico de Manicura e Pedicura, então decidimos ser uma das primeiras a executar o curso agora em março. O Senac contribui muito com a qualidade de vida financeira do nosso bairro”, comentou a representante da Associação Pestalozzi, Edinar Moura da Silva. 

A reunião serviu também para esclarecer dúvidas e o papel de cada uma das partes nessa parceria: do Senac, da instituição parceira e do aluno. “Ficamos felizes em poder participar esse ano do Programa de Inclusão Social porque nossa comunidade necessita de cursos que ajudem a gerar renda rápida e melhorar a vida financeira das famílias”, festejou o representante da Paróquia São Francisco das Chagas: Comunidade Divino Espírito Santo, José de Sousa Lima.

Explicações sobre o perfil profissional que cada curso trabalha, assim como os critérios de matrícula, foram feitos durante a reunião. O momento também serviu para que Instituições participantes de edições anteriores pudessem compartilhar suas experiências. “Já desenvolvemos trabalhos com as crianças carentes do nosso bairro e atendemos a todas as crianças independente de religião e acreditamos que com o Programa de Inclusão Social iremos atender também as famílias destas crianças”, afirmou o pastor da Comunidade Cristã de Bacabal, Wellington J. de Aragão.

Compartilhe: