Home

SENAC/MA

Cursos Profissionalizantes no Maranhão.

98 3198.1515

   Maranhão

21 de dezembro de 2016, 11:34 - Por Assessoria de Comunicação

Os 7 erros mais comuns na elaboração de um currículo

curriculo

Erros de português e informações em excesso são alguns dos deslizes mais comuns que fazem os recrutadores descartarem um currículo. Embora pareça simples, formular um currículo exige muita atenção e cautela por parte do candidato, afinal, ele é considerado o cartão de visita para o mundo do trabalho.

Para não cometer erros, confira as dicas de Rosângela Martins, coordenadora do Banco de Oportunidades do Senac, para se destacar na busca de um novo emprego:

  1. Falta de clareza e de organização na disposição das informações no currículo

Ao selecionar um currículo o recrutador está em busca de informações específicas e quanto mais poluído seu currículo estiver mais difícil será de achá-las.

  1. Utilizar e-mail inadequado e foto inadequada no currículo, essa última quando solicitada

Alguns candidatos colocam fotos anexas, portanto, ao anexar uma fotografia lembre-se que o mais importante é mostrar seriedade. Nada de aproveitar aquela foto tirada com amigos, namorados, e em locais como praias e baladas. O mesmo vale para o endereço de e-mail, nada de usar apelidos. Crie um e-mail mais sério, profissional e com menos brincadeiras.

  1. Não informar o nome das instituições em que fez os cursos complementares, assim como as cargas horárias e o ano de conclusão

Graus universitários e formação profissional são dados importantes. Informações incompletas acabam chamando a atenção do recrutador, e dificultando sua tomada de decisão.

  1. Citar experiências que não possuem comprovação ou informar experiência sem citar o tempo de serviço

Jamais minta ou omita informação de seu currículo. Fique atento para não errar nas datas de permanência nas empresas, pois pode gerar desconfiança do entrevistador, que tem como checá-las através, principalmente, da carteira de trabalho.

  1. Citar contato telefônico de terceiros que não atendem ou que não possui facilidade em informar o candidato sobre o resultado do seletivo

É comum adicionar o contato telefônico de amigos ou familiares no currículo, mas lembre-se de conferir se as informações de contato das suas referências estão atualizadas para não correr o risco de não saber o resultado do seletivo a tempo.

  1. Uso de foto do WhatsApp inadequada

 Se você se comunica por WhatsApp com outros profissionais, o ideal é que você escolha uma foto que evite constrangimentos.

  1. Citar cursos complementares ou disciplinas que fazem parte do histórico de outro curso

Quando esse tipo de informação é colocado no currículo, a impressão é de que está querendo “encher linguiça”. Isso tudo, se necessário, será solicitado posteriormente.

Compartilhe: