Home

SENAC/MA

Cursos Profissionalizantes no Maranhão.

98 3198.1515

   Maranhão

31 de maio de 2016, 16:32 - Por Assessoria de Comunicação

Alunos do curso de Depilador desenvolvem Projeto de Biossegurança

Os alunos do curso de Depilador, desenvolvido por meio do Programa de Inclusão Social – Senac Faz Sua Parte, realizaram o projeto Biossegurança: Obrigação x Necessidade, no bairro do Ipem São Cristovão. O evento teve como objetivo sensibilizar a 4comunidade sobre as soluções inovadoras, a partir da visão crítica da atuação profissional no segmento.

A turma fez apresentações e exposições de trabalho mostrando a realização da biossegurança deste setor em um salão de beleza, de acordo com pesquisas sobre o tema em estabelecimentos para depiladores, através da internet e em bibliografias complementares, para o embasamento teórico do trabalho. Durante as pesquisas, os alunos visitaram espaços de beleza, observando se os profissionais utilizavam os EPI’s (luvas, toucas, máscaras, jalecos, sapatos fechados) e realizaram questionários com os profissionais da área, indagando se eles conheciam os processos de biossegurança (limpeza, desinfecção e esterilização e descarte de resíduos sólidos).

A gerente da Unidade Móvel do Senac, Jesus Pereira, afirma que os Centros de Vigilância são frequentemente consultados a respeito dos riscos de transmissão de agentes infecciosos nos estabelecimentos de beleza. “Devido a esta procura e à falta de cuidados de alguns profissionais da área quanto às boas práticas em serviços de beleza, a criação de uma cartilha para informação e esclarecimento voltada para estes profissionais, servirá de recurso para a execução dos processos de biossegurança no trabalho do depilador”, ressaltou.

Para manter a biossegurança, os profissionais devem possuir um local adequado e com privacidade, maca com superfície lisa e lavável que permita higienização, lençol de papel descartável que deverá ser trocado a cada novo cliente, mesa auxiliar com superfície lisa ou lavável (para a colocação dos produtos usados no ato da depilação como cremes, talcos, cera e acessórios como pinça), lixeira com saco plástico e tampa para descarte da cera usada. O profissional deve lavar as mãos antes e depois de atender cada cliente, utilizar pinça descartável ou esterilizada a cada cliente, trocar o lençol descartável a cada cliente e usar cera de depilação que traga no rótulo identificação do produto, procedência, validade e número de registro no Ministério da Saúde ou ANVISA. Estas são as normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária para os estabelecimentos que possuem o setor de depilação. Confira abaixo os principais registros do trabalho apresentado.

1

3

2

5

8

Compartilhe: